O Site Oficial da MK Music publicou no dia de hoje, 18 de Junho, mais novidades sobre o novo álbum de Marina de Oliveira, “Na Extremidade”. Confira agora todas essas curiosidades em nosso blog também!

O REPERTÓRIO: ANTES REJEITADO, VIVIDO E AGORA APROVADO

CD "Na Extremidade"

O novo CD de Marina de Oliveira, intitulado “Na Extremidade”, trata-se de um álbum gerado após uma tragédia familiar, o repertório do disco chegou a ser rejeitado pela própria Marina alguns meses antes do falecimento de seu esposo, o Fotógrafo Sérgio Menezes, e de seu irmão Benoni Oliveira. Após achar o CD com as músicas em seu carro, Marina o ouviu novamente e constatou que tudo era apropriado para ser gravado por ela naquele momento. “Eu tenho certeza que estas músicas estavam guardadas para serem gravadas por mim. Eu chorei muito quando ouvi o CD pela segunda vez. O Anderson Freire fez uma letra especialmente para este momento que eu estou vivendo e eu me sinto assim, na extremidade, tendo que vencer barreiras pessoais, tendo que colocar a fé à prova. Essa canção que ele fez chama-se ‘Ferida Aberta’ que fala de como o meu coração está sentindo”, detalha Marina, destacando que as músicas rápidas estão bem agitadas, e as lentas, bem intensas.

A PRODUÇÃO

Rogério Vieira, Marina de Oliveira e Edinho

O disco, que tem 12 faixas, foi produzido por Rogério Vieira e pode ser classificado no gênero adoração pop. “Esse CD foi um desafio. Pelo que ela passou em relação a esse processo todo, vendo Deus atuando em sua vida. O disco está muito bem dividido, com músicas modernas e de vanguarda. É singular na linguagem e na interpretação. Nós vimos a mão de Deus em todas as etapas e a Marina é uma mega profissional, trabalhar com ela é sempre um prazer, uma alegria. E ela está fazendo esse CD com o coração, com a alma, e a equipe toda está nesse sentido”, afirma Rogerinho, grato pelo convite para produzir a cantora pela segunda vez consecutiva.

ESCOLHA DA MÚSICA DE TRABALHO

Divulgação

A faixa título foi escolhida como música de trabalho, mas não foi fácil. Ficaram no páreo também as belíssimas ‘Governa-me’, ‘Chama por Você’ e ‘Terceiro Dia’. Para colocar voz em todas, Marina teve o suporte da Vocal Coach Paloma Ribeiro, que trabalha com os principais nomes da música nacional. “Ter a voz da Marina para trabalhar é uma honra, porque é uma mulher que tem potencial de voz, é preparada e tem vivência de estúdio. Tem sido fácil e prazeroso porque ela pega tudo muito rápido, tem uma consciência de corpo e consegue passar os registros sem quebra, e com um diferencial: um punch (resistência nas pregas vocais) que me impressiona. Marina consegue passar a emoção, não deixa o coração de lado. Em cada música a gente sente ela vivendo de fato o que está cantando”, define a fonoaudióloga, que ficou impressionada também com a quantidade de músicas gravadas por Marina no mesmo dia.

O FIGURINO

Yvelise de Oliveira produzindo a filha para as fotos do CD

O figurino para as fotos do encarte foi da própria Marina e de sua mãe, e presidente da gravadora, Yvelise de Oliveira, que fez a produção da sessão. Marina foi fotografada por Ronaldo Rufino e também assina a criação da arte da capa, que expressa bem o conceito do álbum. “A Marina achou que estava no tempo de fazer outro CD. Eu caprichei no repertório e no guarda-roupa. Nós entramos dentro dos nossos armários, e eu espero que vocês gostem de tudo. Como todo mundo sabe, Marina é pop, e o CD é adoração pop, e na extremidade, onde a gente vive nesse mundo, na extremidade, e com fé em Deus”, ressaltou Yvelise.

Enfim, todos têm muito o que descobrir nesse que é o décimo quinto álbum da carreira de Marina de Oliveira. “É complicado quando uma coisa que você sabe que acontece se torna real na sua vida. Eu espero que esse CD possa se tornar real na vida de muitas pessoas, que Jesus Cristo, principalmente possa se tornar real na vida de muitos. E que você possa viver, ainda que na extremidade, mas na extremidade de Cristo Jesus”, conclui a cantora que, mesmo com uma ‘Ferida Aberta’, não abre mão de adorar a Deus.

Adquira já o seu no MK Shopping. E em breve, o blog publicará uma análise sobre o CD “Na Extremidade”.

Anúncios